O Peru vê 3 Presidentes no período de uma semana

MARY LOUISE KELLY, anfitriã:

o Peru está em seu terceiro presidente no período de uma semana. O primeiro foi impeachment na semana passada. O segundo durou apenas seis dias antes de ser forçado a renunciar. Foi domingo depois de grandes protestos. E então ontem, a legislatura selecionou Francisco Sagasti como o novo líder do país. Bem, vamos para Lima, que é onde encontramos Gustavo Gorriti. Ele é editor-chefe do site de investigação independente IDL repórteres.

Sr. Gorriti, Olá. Vir.GUSTAVO GORRITI: Muito obrigado.KELLY: então, terceiro presidente em uma semana no Peru. Nós, americanos, pensamos que nossa política presidencial era complicada. Diz-nos quem ele é. Quem é Francisco Sagasti?

GORRITI: Francisco Sagasti é um tecnocrata e acadêmico de 76 anos. Ele tem uma reputação muito boa como um intelectual honesto. Ele é um político relativamente Júnior. Ele se torna Para O Partido Morado, um partido político que é muito novo e intimamente identificado com os valores democráticos liberais. Ele era um candidato presidencial e um membro do Congresso.

KELLY: Por que as pessoas estão tão loucas? Quais são as forças maiores no trabalho aqui?GORRITI: a pandemia atingiu muito. Como resultado das medidas contra a pandemia, tivemos uma recessão econômica sem precedentes. E tudo isso estava sob o comando do ex-presidente Vizcarra, aquele que foi impeachment. No entanto, seu nível de popularidade permaneceu consistentemente muito alto porque as pessoas acreditavam que ele estava fazendo todos os esforços extenuantes para tentar levar o país à frente disso. E eles viram seu impeachment como um flagrante abuso de poder por políticos oportunistas que só queriam tirá-lo em termos da enorme campanha anticorrupção que ocorreu no Peru nos últimos anos.

e isso desencadeou protestos massivos. A polícia foi especialmente brutal. E no final da semana passada, dois jovens – dois estudantes foram mortos. Muitos, muitos mais ficaram feridos e algumas pessoas desapareceram. Na verdade, ainda há um casal desaparecido.

KELLY: como é? O que faz sentir como fora e sobre nas ruas lá hoje?

GORRITI: As pessoas estão, de certa forma, jubilosas. Há uma sensação de triunfo junto com a tristeza, é claro, pelas vidas perdidas, pelos danos causados e pelo fato de que todos nós – todo mundo sabe que são semanas e meses muito difíceis pela frente. Será um governo interino muito curto que terminará em 28 de julho do próximo ano. E teremos eleições gerais, tanto para a presidência quanto para o Congresso. E então temos que ver que não recebemos uma segunda onda de COVID, o que seria devastador. E então também precisamos começar a recuperação econômica da horrível recessão que a pandemia nos colocou.KELLY: isso é Gustavo Gorriti. Ele é editor – chefe dos repórteres da IDL, falando conosco De Lima, Peru.Sr. Gorriti, obrigado.

GORRITI: você é muito bem-vindo.

(SOUNDBITE of MUSIC)

Copyright © 2020 NPR. Todos os direitos reservados. Visite nossas páginas de termos de uso e permissões do site em www.npr.org para mais informações.

transcrições NPR são criados em um prazo de ponta por Verb8tm, Inc., um contratante NPR, e produzido usando um processo de transcrição proprietário desenvolvido com NPR. Este texto pode não estar na sua forma final e pode ser actualizado ou revisto no futuro. A precisão e Disponibilidade podem variar. O registro oficial da programação da NPR é o registro de áudio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.